Pesquisar este blog

30.4.09

Aécio, Serra ou Dilma

É tudo uma questão de passado, de história, de luta por um ideal. De posições políticas coerentes e dirigidas a um ideal próprio. Isso se vê em um Serra, em uma Dilma, mas não se percebe nem de longe em um Aécio Neves, que se não tivesse carregado a pasta do avô em uma época histórica, hoje seria mais um mineiro dentro de milhões de outros e quiçá nem isso. Passou pela Câmara, mas não chegou aos pés de um outro bafejado pelo nascimento como foi Eduardo Magalhães, embora este com muito mais estofo pessoal e com uma origem política eminentemente direitista. Mas se formou ali um líder realmente reconhecido pela individualidade alcançada, apesar de ser oriundi de um ACM. Aécio é uma invenção da política mineira na falta de alguém com maior expressão pessoal e com um nome que se notabilizou pelos acertos, conchavos e enorme sentido de oportunidade de saber se colocar no ponto certo onde a história terá que passar. Essa não é a vocação do neto Aécio, que hoje em dia ainda vem com citações de Vargas e Kubitschek, esquecendo-se de pelo menos utilizar a memória de quem lhe favoreceu chegar aonde chegou. Nada seria se fosse um Silva qualquer. Apesar da trajetória política meio montada, Dilma está mil furos acima de Aécio, assim como Serra, o que realmente tem história mais consistente na seara política nacional. Tanto Dilma quanto Serra estarão melhor representando o brasileiro do que Aécio, venha ele pelo partido que vier. Aécio é um quadro de Miró. Com movimento, mas sem forma.

0 opiniões:

Sairam daqui para A Abiose

Sairam daqui para A Abiose

Atenção! Este contador não é 100% confiável

Lorem Ipsum

.

A Abiose Maringaense mundo afora

Só Empresas - 0800 604 1234

A Abiose Maringaense mundo afora hoje