Pesquisar este blog

18.5.11

Brincando com o povo

O governo do Paraná e as concessionárias de pedágio que administram rodovias no estado decidiram suspender 140 processos que corriam na Justiça, alegando "cordialidade" para novas negociações.
Por parte do governo, foram suspensos processos como anulação de aditivos contratuais, enquanto as concessionárias deixaram de lado as ações de pedido de indenização por pedidos de indenização não autorizados durante o mandato do ex-governador Roberto Requião (PMDB).
"O governo anterior desrespeitava contratos. Existia uma insegurança jurídica que afugentou parte significativa do setor produtivo", afirmou o governador Beto Richa, que admitiu a possibilidade de prorrogar o prazo final dos contratos, que terminam em 2022.
"Não afasto essa possibilidade. Milagre não existe. Ninguém vai baixar tarifa de pedágio. Todos sabemos que duplicação de rodovia é uma obra muito cara, então tem que haver uma contrapartida. O usuário quer saber se o preço é acessível e se as rodovias oferecem infraestrutura para seus usuários", completou Richa em entrevista à rádio CBN Curitiba.

0 opiniões:

Sairam daqui para A Abiose

Sairam daqui para A Abiose

Atenção! Este contador não é 100% confiável

Lorem Ipsum

.

A Abiose Maringaense mundo afora

Só Empresas - 0800 604 1234

A Abiose Maringaense mundo afora hoje